quarta-feira, dezembro 27, 2006

Aborto

Ainda agora ia falar sobre o aborto e do grande debate que esse assunto encerra, mas acho que antes vou meter aqui uma anedota. Não que o assunto seja uma anedota, mas sim as pessoas que depois falam sobre isso é que são uma anedota. E o pior é que são uma anedota dos dois lados da questão. Ora uns a dizer que Deus diz que é mau, como se eles soubesse o que ele pensa sobre o assunto...se é que existe (mas isso é outra questão) ou outros a citar a Biblia a dizer que Deus aprova (mais uma!).

Não com isto que esteja a dizer que não se deve falar, porque alias tenho a minha opinião, mas tal como o voto é secreto, assim vou manter a minha opinião.

Tal como a religião, a ciência também é falível, já que é feita para o Homem pelo Homem. Logo pensem um pouco por vocês mesmo e não tomem tudo por garantido ou acreditem piamente no que lhe dizem...excepto aqui que aqui a verdade é absoluta!

Sei que pode ser de mau gosto, mas não gosto muito de falar de coisas sérias sem mandar uma piada pelo que aqui vai a tal anedota que encontrei no Peopleware e que REALMENTE não tem nada a ver com este assunto:

Teste rápido para descobrir se é racista ou não. Este teste foi aprovado pela mesma entidade que aprovou as recentes OPAs em Portugal, por isso é 100% fiável e de natureza altamente intelectual. A sua opinião será posteriormente avaliada pelo método Dr. House. Tem de responder rápido (instintivamente):

Num galinheiro existiam 30 galinhas. Um preto levou 10. Quantas galinhas ficaram no galinheiro?

.
.
.
.
.
.
.

Se respondeu 20 galinhas - É RACISTA
Se respondeu 40 galinhas - Não é racista.

Explicação:
Se havia 30 e o preto levou mais 10, ficaram 40 galinhas.
Ninguém disse que o preto as tinha roubado…

1 comentário: